acesso a redes sociais
  • RSS
  • twitter
tabela de conversão
  • tabela de conversão
Anunciante no Portal Naval
  • anunciar no site
Porto de Santos

Codesp quer ampliar calado em pelo menos 30 centímetros no Porto de Santos

02/07/2018 | 09h28
Codesp quer ampliar calado em pelo menos 30 centímetros no Porto de Santos
Divulgação Divulgação

Os navios que operam no Porto de Santos terão um aumento de, pelo menos, 30 centímetros no limite máximo de seu calado - profundidade que podem atingir ao navegarem nas áreas do complexo. Com essa medida, poderão transportar mais cargas, ampliando a capacidade operacional do complexo marítimo.

A mudança deve ser anunciada neste semana, afirmou o presidente da Companhia Docas do Estado de São Paulo (Codesp), José Alex Oliva, diante de empresários e autoridades, durante o lançamento do Santos Export Brasil 2018, em São Paulo, na última quinta-feira.

Segundo Oliva, o acréscimo no calado será possível “sem a realização de obras, mas com inteligência”. Ele explica que pretende adotar uma nova margem de segurança para a navegação nas áreas do Porto. Hoje, pelas regras atuais, propostas para complexos marítimos de todo o mundo pela Associação Mundial de Infraestrutura de Transporte Marítimo (conhecida pela sigla Pianc), há a necessidade de se preservar cerca de 10% da profundidade para garantir a segurança da navegação. No canal de Santos, que tem 15 metros de fundura na maior parte de sua extensão, isso equivale a 1,5 metro.

De acordo com o presidente da Codesp, é possível operar com uma margem de apenas 1,2 metro. Com isso, os navios poderão “afundar” mais 30 centímetros – ou seja, poderão transportar mais cargas em seus porões e convés.

A mudança, inédita no País, tem sido negociada com a Marinha, disse Oliva.

Fonte: A Tribuna, 02/07/2018
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar
separador menu