acesso a redes sociais
  • RSS
  • twitter
tabela de conversão
  • tabela de conversão
Anunciante no Portal Naval
  • anunciar no site
Efeitos da crise

Cresce o prejuízo do estaleiro Vard Promar

02/05/2018 | 09h21
Cresce o prejuízo do estaleiro Vard Promar
Divulgação Divulgação

Apesar das comemorações pela entrega do navio Skandi Recife e do fechamento do contrato com o Porto de Kingston para construção de um píer flutuante - que garante os empregos dos mais de mil empregados até o fim do ano -, as contas do estaleiro Vard Promar continuam no vermelho. Segundo o balanço financeiro publicado pelo estaleiro, em 2017, o prejuízo da empresa atingiu a cifra de R$ 173 milhões. Em 2016, o número negativo foi de R$ 104 milhões. Ou seja, as perdas cresceram 69%.

Embora a empresa tenha aumentado o capital social em R$ 279 milhões, para especialistas consultados pela reportagem, a empresa está longe de ser lucrativa. “Esse aporte está servindo para pagar dívidas de curto prazo, pois pelos resultados apresentados no balanço, a empresa tem custo maior que a receita”, analisa o diretor do Sindicato de Contabilidade de Pernambuco e mestre em auditoria contábil, Flávio Cesário. De acordo com ele, esse custo está equivalente a 146% em 2017 e 126% em 2016.

O economista Tiago Monteiro foi enfático ao dizer que ao analisar o fluxo de caixa da companhia, não houve uma distribuição de dividendos. “Essa prática não é obrigatória e é prevista em contrato (quando se compra as ações), mas é um indicador interessante da saúde econômico-financeira da empresa e um estímulo para que os investidores sintam-se confortáveis em manter os seus recursos naquele estabelecimento”, pondera o economista. " Caso não haja uma reviravolta agressiva, o Vard estará fadado a fechar nos próximo anos", afirmou Monteiro.

Fonte: Folha de Pernambuco, 02/05/2018
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar
separador menu