acesso a redes sociais
  • RSS
  • twitter
tabela de conversão
  • tabela de conversão
Anunciante no Portal Naval
  • anunciar no site
Cabotagem

DHL aprimora serviço de cabotagem no Brasil com operação multimodal e tecnologia

12/09/2017 | 16h34
DHL aprimora serviço de cabotagem no Brasil com operação multimodal e tecnologia
Cindy Haring, CEO da DHL Global Forwarding Cindy Haring, CEO da DHL Global Forwarding

A DHL Global Forwarding, divisão do Grupo Deutsche Post DHL especializada em fretes aéreos, marítimos e rodoviários, está investindo para oferecer uma solução diferenciada – mais econômica, segura e sustentável – no serviço de cabotagem. Com mais de 8 mil km de costas navegáveis, o país tem grande potencial para a cabotagem, modal de transporte marítimo cujo volume de carga movimentada cresceu 36% de 2010 para 2016. Em linha com esse movimento, a DHL criou uma equipe dedicada e uma subsidiária exclusiva voltada ao transporte multimodal: a DHL Transportes. Com isso, é possível centralizar tudo o que o cliente necessita em um único parceiro, como rastreabilidade e atenção total à carga e um documento único (CT-e), além de combinar a cabotagem com outros modais de transporte.

Para a CEO da DHL Global Forwarding, Cindy Haring , “o atual cenário econômico e a busca por eficiência levaram muitos clientes a buscar novas soluções logísticas. A cabotagem, certamente, é um caminho, pois une redução de custos, maior segurança e menores impactos ambientais. O potencial deste modal é muito grande, tanto pelas dimensões continentais do país, como pela concentração elevada do modal rodoviário, que continua a ser uma etapa importante, mas que pode ser alavancada por estratégias multimodais e tecnologia”, afirma.

Hoje, a cabotagem chega a usar oito vezes menos combustível do que o modal rodoviário e emite 323% menos CO2. Além disso, 80% da população e 70% das indústrias estão a menos de 200 km da costa brasileira, o que reforça o fato de que o modal tem grande potencial para otimizar, cada vez mais, os embarques domésticos dos clientes.

O diretor do Produto Marítimo da DHL Global Forwarding, Ricardo Carui, explica que para extrair maior valor deste modal, é necessário um parceiro especializado. “A cabotagem demanda um planejamento maior por parte do cliente por conta da programação de navios que precisa ser respeitada. Logo, contar com um parceiro experiente como a DHL e um processo multimodal é fundamental para manter a solidez e a eficiência da operação”.

A DHL Transportes atua como Operador de Transporte Multimodal (OTM), realizando o transporte multimodal de cargas em embarques nacionais por todo o país, conforme a Lei n.º 9.611. Por meio dela, o cliente trabalha com um único Conhecimento de Transporte (CT-e), lidando com apenas um fornecedor de ponta a ponta. Com isso, há apenas uma cotação/tarifa e pagamento para toda a operação. Observa-se também significativa redução de documentos, follow ups, alertas, auditorias tarifárias e processos de integração do CT-e, o que torna o transporte mais simples e eficiente.

Além de grandes cargas, a DHL ainda oferece a modalidade LCL, ou seja, para cargas fracionadas, o que abre o leque para a utilização da cabotagem. Atualmente, há quatro rotas disponíveis (Santos, Suape, Pecém/Fortaleza e Manaus) com frequência semanal. O escopo dos serviços inclui consolidação, estufagem de contêiner, entrega no porto de origem, cabotagem (porto/porto), coleta no porto de destino e desconsolidação, incluindo o monitoramento de todo o trajeto.

O serviço de cabotagem está disponível para todos os setores da indústria.

“Atendemos tanto clientes que já utilizam a cabotagem como aqueles que desejam fazer uma migração. Quando o cliente vê concretizadas as significativas reduções de custos, ele mesmo solicita a migração das demais rotas chegando, inclusive, a adaptar seu processo industrial, caso necessário”, complementa Ricardo Carui.

Fonte: Redação/Assessoria
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar
separador menu