acesso a redes sociais
  • RSS
  • twitter
tabela de conversão
  • tabela de conversão
Anunciante no Portal Naval
  • anunciar no site
Porto de Paranaguá

Berços de atracação de Paranaguá estão operantes, com exceção do 204, após temporal

02/07/2020 | 17h18
Berços de atracação de Paranaguá estão operantes, com exceção do 204, após temporal
Cortesia Appa Cortesia Appa

O Porto de Paranaguá informou nesta quinta-feira que todos os berços de atração, com exceção do 204, estão operantes, com fluxo regular de navios, após um temporal com ventos fortes que danificou alguns equipamentos no local, segundo a administração portuária.

A previsão é que o berço 204, que pode movimentar produtos como grãos e açúcar, volte a ser usado até a manhã de sexta-feira, quando o "shiploader" (carregador) atingido pelo temporal entrar em funcionamento novamente.

O berço 214 opera com apenas um dos dois equipamentos de carregamento, acrescentou o porto paranaense, um dos principais para embarques de produtos agrícolas do Brasil.

Segundo o porto, o "shiploader" número 6 (do berço 214), também danificado pela força do vento no início da semana, deve ser reestabelecido até o próximo sábado.

Divulgação

Na manhã desta quinta-feira, no berço 201, havia um navio que carregava farelo de soja, para exportação; no 204, o navio que carregava açúcar aguardava a retomada do carregamento; no 205, açúcar em saca estava sendo embarcado; no 206, o carregamento também era de farelo de soja (exportação).

O porto disse ainda que, nos berços 208, 209 e 211, os navios atracados descarregavam fertilizantes; no berço 212, o primeiro do Corredor de Exportação, a embarcação carregava farelo de soja; já nos 213 e 214, a carga era de soja.

No berço 200, a ocupação e a descarga de fertilizante seguiam normalmente, assim como as operações nos píeres dos líquidos: berços 142, 143 e 144.

No berço 215, a operação de importação e exportação era de veículos; um navio de contêineres estava programado para atracar no berço 217 e outro estava em operação, no segmento, no berço 218.

Ainda segundo o comunicado, a situação no Pátio de Triagem foi normalizada na quarta-feira, por volta das 23h, quando todos os caminhões que aguardavam para entrar foram recebidos.

De acordo com a Divisão de Silos, o local tinha 539 vagas na manhã desta quinta-feira, e as cotas eram liberadas gradativamente aos terminais, para não gerar congestionamento nas vias próximas ao porto.

A administração portuária afirmou que as estruturas da operação de prevenção à Covid-19, que também sofreram avarias pela tempestade, estão funcionando com algumas adaptações, tanto na entrada do prédio Dom Pedro II quanto no Pátio de Triagem.

Segundo a Diretoria de Meio Ambiente do porto, as manutenções dessas estruturas serão finalizadas até o final de sexta-feira, enquanto os postos médicos funcionam normalmente.

Fonte: Reuters, 02/07/2020
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar
separador menu