acesso a redes sociais
  • RSS
  • twitter
tabela de conversão
  • tabela de conversão
Anunciante no Portal Naval
  • anunciar no site
Antaq

Porto do Pecém assume 4° lugar em ranking ambiental da Antaq

27/09/2019 | 18h36
Porto do Pecém assume 4° lugar em ranking ambiental da Antaq
Divulgação Divulgação

O Porto do Pecém saltou cinco posições e chegou ao 4° lugar no Índice de Desempenho Ambiental (IDA) referente ao ano de 2018. O resultado foi apresentado nesta quinta-feira (26/09) na sede da Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq), em Brasília. O IDA, que é referência no setor portuário, é composto por 38 indicadores relacionados a conformidades legais vigentes no Brasil e boas práticas em gestão ambiental, saúde e segurança de operações.

Institucional

Entre os indicadores que são avaliados estão a situação da licença ambiental e a existência de licença de operação, quantidade e qualidade de técnicos no núcleo ambiental, prevenção de riscos, auditoria ambiental, ação de retirada de resíduos de navios, consumo e eficiência no uso de energia, monitoramento da fauna e da flora e planos de contingência de saúde.

“Em 2015, quando assumi o Porto do Pecém, estávamos em 17° lugar nesse ranking. Foi então que me comprometi com o Ibama que em três anos ficaríamos entre os cinco melhores portos do Brasil. Fizemos uma série de mudanças, implementamos programas ambientais e respostas a possíveis emergências relacionadas ao meio ambiente. Também adquirimos novos equipamentos e passamos a executar novos serviços”, diz Danilo Serpa, presidente do Complexo Industrial e Portuário do Pecém.

Em três anos o Porto do Pecém saiu do 17° lugar para o 4° lugar no IDA. Avanço de 13 posições que representa o compromisso e a responsabilidade da gestão do Porto do Pecém com o meio ambiente.

2015: 17° com 57,85 pontos

2016: 12° com 67,22 pontos

2017: 9° com 77,53 pontos

2018: 4° com 90,80 pontos

“Não posso esquecer também de mencionar nosso trabalho junto as comunidades pesqueiras das praias do Cumbuco, do Pecém e da Taiba. Tudo isso para mostrar nosso compromisso com a responsabilidade social. Então eu e todos que fazem o Complexo Industrial e Portuário do Pecém estamos muito felizes em entregar aquilo que nos comprometemos a entregar. Por isso é muito gratificante ter esse reconhecimento feito hoje pela Antaq”, finaliza Danilo Serpa.

No ranking dos portos públicos brasileiros, o terminal cearense ficou atrás apenas dos portos de Itajaí (1° – 99,48 pontos); Paranaguá (2° – 99,29 pontos); e Itaqui (3° – 95,48 pontos). Esta é a 11ª avaliação que a Antaq realiza sobre o desempenho ambiental dos portos públicos e a segunda envolvendo os terminais de uso privado. Nesta edição, foram avaliados 31 portos públicos e 98 terminais de uso privado.

“Alinhar operações portuárias com boas práticas ambientais é sempre muito complexo. Por isso o envolvimento de todos os setores explica esse resultado. Uma vitória de toda a equipe, que nunca perdeu o foco no meio ambiente. E como próximos passos vamos continuar buscando a melhoria contínua e consequentemente a evolução dentro desse ranking”, disse Ieda Passos, coordenadora de Meio Ambiente e Segurança do Trabalho do Complexo Industrial e Portuário do Pecém.

A lista completa dos portos avaliados em 2018, bem como a metodologia de composição do índice e de ponderação dos pesos distribuídos a cada um dos indicadores que integram o IDA estão disponibilizadas no portal da Antaq.

 

Fonte: Redação/Assessoria
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar
separador menu