acesso a redes sociais
  • RSS
  • twitter
tabela de conversão
  • tabela de conversão
Anunciante no Portal Naval
  • anunciar no site
Leilão da ANP

6ª Rodada de Partilha tem oferta por um único bloco

07/11/2019 | 13h30
6ª Rodada de Partilha tem oferta por um único bloco
Benicio Biz Benicio Biz

O não exercício da preferência da Petrobras por dois dos três blocos para o qual havia se manifestado anteriormente teve grande impacto no resultado da 6ª Rodada de Licitações de Partilha da Produção, realizada no dia 7 de dezembro pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), no Rio de Janeiro.

O bloco de Aram, na porção central da Bacia de Santos, foi o único arrematada no leilão de curta duração, pelo consórcio formado pela Petrobras (80%) e a CNODC Brasil Petróleo e Gás (20%). Ele ofereceu  um percentual de 29,96% de excedente em óleo para a União, bônus de assinatura de R$ 5,05 bilhões e previsão de investimento exploratório da ordem de R$ 278 milhões. Assim como no leilão de excedente da cessão onerosa, o ágio foi zero.

Os demais blocos Bumerangue, Cruzeiro do Sul e Sudoeste de Sagitário, na bacia de Santos, e Norte de Brava, na bacia de Campos, não receberam nenhuma oferta, ainda que a Petrobras tenha manifestado direito de preferência pelos dois últimos. O que teria esfriado o interesse  

Com aproximadamente 1.280 km² de área, o bloco de Aram, em lâmina d’água de 1.800 metros, a oeste do bloco BM-S-8 e a sudoeste dos blocos Norte de Carcará e Uirapuru,  tem características similares às encontradas nos campos já produtores do pré-sal e está  selado por uma camada de sal de até 3.000 m de espessura, de acordo com análise dos dados sísmicos realizados pela Petrobras.

Fonte: Redação
Autor: Redação
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar
separador menu