acesso a redes sociais
  • RSS
  • twitter
tabela de conversão
  • tabela de conversão
Anunciante no Portal Naval
  • anunciar no site
MME

Bento Albuquerque, do MME participa de videoconferência com secretário-geral da OPEP, Mohammad Barkindo

24/06/2020 | 12h09
Bento Albuquerque, do MME participa de videoconferência com secretário-geral da OPEP, Mohammad Barkindo
Divulgação Divulgação

No último dia 22/06 o Ministro Bento Albuquerque reuniu-se, por videoconferência, com o secretário-geral (SG) da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP), Mohammad Barkindo (foto). O diálogo inseriu-se na vertente sul-americana de troca de impressões bilaterais que a OPEP vem mantendo com países que não pertencem à Organização. O SG da OPEP avaliou os efeitos das decisões de corte de produção recentemente tomadas na Organização sobre o mercado global de petróleo, à luz da pandemia de COVID-19, e fez menção à participação do Brasil na Reunião dos Ministros de Energia do G-20, em 10 de abril último. Em suas palavras, “a participação do Brasil nesta importante reunião (do G20) foi um claro sinal do envolvimento ativo e do apoio do Brasil ao diálogo e à cooperação global em energia”.

O ministro Bento Albuquerque recordou-se da participação de Barkindo na passada reunião do G20 - agrupamento do qual o Brasil é membro pleno - e traçou um panorama da franca troca de ideias que o País vem mantendo com os Estados Unidos, a Arábia Saudita e a Agência Internacional de Energia no contexto do combate aos efeitos da pandemia sobre o mercado de petróleo. O Ministro também fez menção à participação ativa do Brasil no Grupo Focal (Focus Group) criado no âmbito do G20.

Divulgação

Descreveu, em seguida, os esforços do Governo Federal no combate aos efeitos da crise e o trabalho do Comitê de Acompanhamento do Setor de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis coordenado pelo MME para que haja intensa interação entre os agentes do setor. O ministro Bento Albuquerque destacou a necessidade de garantir os serviços essenciais e o abastecimento de combustíveis, o monitoramento diário da cadeia de suprimento de petróleo, gás natural e biocombustíveis, a importância da manutenção dos níveis de produção onshore e offshore, a necessidade de investimentos em novos campos e a centralidade, para o Brasil, da estabilidade dos investimentos no País. Recordou que, para a balança comercial brasileira, as exportações de petróleo representam item essencial. A Petrobras tem ações em bolsa e toma decisões, por conseguinte, estritamente ligadas a sua estratégia de negócios, sem interferência governamental.

Ao agradecer pela realização do presente diálogo e ao afirmar que o Brasil é ator-chave no continente sul-americano, tanto como produtor de petróleo e gás natural quanto como consumidor de energia, o Secretário-Geral da OPEP aludiu ao interesse que os membros da Organização têm em ouvir o Brasil e convidou o Ministro Bento Albuquerque a participar do 8º Seminário Internacional da OPEP, que terá lugar em junho de 2021. O Ministro comprometeu-se a fazer o possível para participar do evento.

Fonte: Redação/Assessoria MME
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar
separador menu