acesso a redes sociais
  • RSS
  • twitter
tabela de conversão
  • tabela de conversão
Anunciante no Portal Naval
  • anunciar no site
Porto de Paranaguá

Paranaguá movimenta 48 mi t até novembro; volume de 2018 deve ser recorde

10/12/2018 | 18h27
Paranaguá movimenta 48 mi t até novembro; volume de 2018 deve ser recorde
Divulgação Divulgação

O Porto de Paranaguá (PR) movimentou 4,4 milhões de toneladas de cargas em novembro. No acumulado de janeiro a novembro, o volume movimentado chega a 48,8 milhões de toneladas, o equivalente a 97% de toda a carga de 2017, quando o porto bateu o recorde de 50,3 milhões de toneladas. Com isso, o governo do Estado prevê encerrar 2018 com novo recorde, segundo nota da Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (Appa).

"Todos os meses, em média, cerca de 4 milhões de toneladas de produtos passam pelo terminal. Os recordes dos últimos anos se devem a melhorias no processo operacional, logístico e de planejamento de atividades", disse o diretor-presidente da Appa, Lourenço Fregonese, no comunicado.

Divulgação

Paranaguá é o principal porto graneleiro da América Latina e, desde 2011, o volume movimentado no Corredor de Exportação aumentou 45%. Hoje, mais de 80% da produção de grãos das cooperativas paranaenses são exportadas pelo porto do Estado.

Dos 48,8 milhões de toneladas movimentadas até novembro, 32,6 milhões corresponderam a granéis sólidos, 4% acima dos 31 milhões de toneladas em igual período do ano passado. A soja segue sendo o principal produto transportado pelo porto. Foram 14,4 milhões de toneladas de janeiro a novembro de 2018, 32% a mais que no intervalo correspondente de 2017, quando 10,9 milhões de toneladas foram escoadas. A exportação de farelo cresceu 19% no acumulado do ano, para 5,1 milhões de toneladas, contra 4,3 milhões no ano passado.

Nas importações, os desembarques de trigo foram os que mais cresceram, 52%, chegando a 216.787 toneladas, de acordo com a Appa. No ano passado, foram 142.776 toneladas.

Carga geral

A Appa informou, ainda, que a movimentação de carga geral por Paranaguá cresceu 10% entre janeiro e novembro ante igual período do ano passado, totalizando 9,6 milhões de toneladas. A exportação de granéis líquidos, como óleo e outros derivados de petróleo, cresceu 10% entre 2017 e 2018, passando de 1,5 milhão para 1,7 milhão de toneladas. Já as importações de produtos da categoria diminuíram 13%, de 5,5 milhões de toneladas em 11 meses de 2017 para 4,5 milhões no acumulado deste ano.

Fonte: Broadcast Agro, 10/12/2018
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar
separador menu