acesso a redes sociais
  • RSS
  • twitter
tabela de conversão
  • tabela de conversão
Anunciante no Portal Naval
  • anunciar no site
Posse

Juliano Prado assume a nova vice-presidência da Gerdau

24/07/2020 | 15h43

A Gerdau anuncia a criação da Gerdau Next, seu braço de Novos Negócios, focada na estratégia de longo prazo de desenvolvimento de novos produtos e negócios, adjacentes à produção de aço, e alinhada às diretrizes de inovação e disrupção da companhia.

A Gerdau Next será liderada por Juliano Prado (foto), que chega à companhia após passagens por empresas como Shell, Raízen e Cosan e se reportará diretamente ao CEO da empresa, Gustavo Werneck.

“Com a Gerdau Next, vamos expandir e acelerar os novos negócios que têm sido criados pela Gerdau nos últimos anos para que em um futuro breve possamos atingir nosso objetivo de termos 20% das receitas da Gerdau provenientes de novos negócios relacionados à cadeia do aço e adjacentes. Reforçamos o compromisso de aumentar a geração de valor para nossos clientes e de ter um papel ativo na oferta de soluções e produtos inovadores para as cadeias em que estamos presentes”, afirma Gustavo Werneck, diretor-presidente (CEO) da Gerdau. “Juliano contribuirá para que a companhia, que completa 120 anos em 2021, fortaleça ainda mais seu perfil empreendedor.”

Sobre Juliano Prado

Juliano é graduado em Engenharia de Produção pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, com MBA executivo pela Coppead. Possui formação complementar em importantes escolas de negócios como London Business School, MIT e IMD. Ao longo de uma carreira de 25 anos, atuou em diversos países trabalhando nas empresas Shell, Raízen e Cosan, liderando áreas como marketing, operações, bioenergia, vendas, estratégia, M&A e transformação digital. Mais recentemente, atuou como Chief Operating Officer (COO) da Raízen Energia, coordenando toda a operação agroindustrial com 26 plantas industriais. Nos últimos dois anos, estava na posição de Diretor Executivo da Holding Cosan e CEO da Payly, startup B2B2C fundada por ele dentro do grupo.

Sobre o Projeto Futuro Gerdau

A Gerdau desenvolveu, em 2019, um trabalho de definição da estratégia da companhia para os próximos dez anos. Chamado de Futuro Gerdau, o trabalho considerou não só o mercado brasileiro, mas também mercados globalmente importantes para a indústria do aço, como a China e os Estados Unidos. Na discussão de prioridades e investimentos futuros no período considerado, foram levadas em conta uma avaliação dos ativos atuais da empresa, as tendências dos setores em que a Gerdau está inserida e as visões de como poderá ser a Gerdau no futuro. Um balizador importante desse trabalho é a percepção de que as mudanças em curso no mercado global apontam para um caminho: que a Gerdau se afaste do modelo de produtora de commodities para se tornar cada vez mais uma provedora de serviços e produtos de alto valor agregado.

No horizonte inicial de dez anos do Futuro Gerdau, uma parcela de 20% do faturamento da companhia deverá vir de novos negócios e produtos focados no complemento da proposta de valor a seus clientes e nas oportunidades existentes nas cadeias em que atua.

Para chegar lá em uma década, o caminho é a inovação disruptiva na cadeia de valor do aço. Cinco eixos balizarão esses investimentos em inovação, com um valor previsto de até US$ 1 bilhão em dez anos: Novos modelos de interação com fornecedores e clientes, facilitados por tecnologias digitais Novos materiais, incluído o grafeno, Futuro da construção, Futuro da indústria e Futuro da mobilidade.

Publicidade

Fonte: Redação TN Petróleo/Assessoria
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar
separador menu