acesso a redes sociais
  • RSS
  • twitter
tabela de conversão
  • tabela de conversão
Anunciante no Portal Naval
  • anunciar no site
Coronavírus

Maersk assina acordo para transportar, neste ano, 1 bilhão de doses de vacina contra a COVID-19

27/04/2021 | 16h49
Maersk assina acordo para transportar, neste ano, 1 bilhão de doses de vacina contra a COVID-19
Divulgação Divulgação

A Maersk, maior empresa de logística de contêineres terrestres e marítimos do mundo, está pronta para distribuir massivamente vacinas contra a COVID-19 até o final de 2021. O projeto está em fase de testes em alguns países e, em breve, será expandido. Em 2020, a Maersk anunciou um acordo com a empresa farmacêutica Covaxx para também distribuir 1 bilhão de doses assim que a vacina for aprovada.

A companhia já tem o setor farmacêutico como um de seus principais contratantes, e transporta corriqueiramente medicamentos e outras drogas que necessitam de refrigeração. E esse desafio de manter os produtos sensíveis refrigerados na temperatura ideal ao longo de todo o trajeto, cuidado necessário às vacinas contra o coronavírus, é o cotidiano da companhia.

No entanto, para esse projeto, a Maersk dedicou uma equipe de especialistas que entendem os altos níveis de complexidade das cadeias de suprimentos farmacêuticos. Além do conhecimento técnico, o time da Maersk e o ecossistema da companhia precisam garantir resiliência e confiança no transporte. Por meio de plataformas digitais e dados em nuvem com informações em tempo real, a empresa proporciona aos clientes atualizações constantes, como a localização do container, e status de energia e temperatura, por exemplo.

Publicidade

"Os desafios operacionais são o dia a dia da Maersk, mas esse é um transporte muito especial, focado no humano e não no produto. Nosso objetivo é chegar, o quanto antes e da maneira mais cuidadosa possível, no braço das pessoas. E isso já estamos fazendo, com muito orgulho, em diversos países", afirma Rob Townley, diretor de Projetos de Logística Especiais na Maersk.

A Maersk possui a maior frota de contêineres refrigerados do mundo. Para se ter uma ideia, é possível colocar dois milhões de doses da vacina em apenas um container - o que significa transportar cerca de quatro bilhões de doses em um navio de tamanho médio.

Com soluções integradas, a Maersk atua para além do transporte porta a porta das vacinas, seja em seus navios, aviões, ou por trens e caminhões. A companhia deve alugar contêineres refrigerados para que locais com infraestrutura defasada de armazenamento possam estocar a medicação de maneira adequada.

No primeiro trimestre de 2021, a maioria das vacinas foi transportada mundialmente por via aérea e terrestre, uma vez que as fábricas estão localizadas principalmente na Europa, Estados Unidos e Índia, perto dos primeiros destinatários. Mas, a partir do terceiro trimestre de 2021, os navios serão cada vez mais usados para acessar os mercados da África, Ásia e América do Sul, desde que as vacinas sejam aprovadas e as produções estejam progredindo conforme planejado. Na estimativa da companhia, é possível que toda a distribuição global dessa vacina seja concluída em quatro anos.

Divulgação

Fonte: Redação TN Petróleo/Assessoria
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar
separador menu