acesso a redes sociais
  • RSS
  • twitter
tabela de conversão
  • tabela de conversão
Anunciante no Portal Naval
  • anunciar no site
Petrobras

Coronavírus ainda não afetou as vendas e as exportações de petróleo, diz Roberto Castello Branco da Petrobras

10/02/2020 | 17h12
Coronavírus ainda não afetou as vendas e as exportações de petróleo, diz Roberto Castello Branco da Petrobras
Tânia Rêgo, Agência Brasil Tânia Rêgo, Agência Brasil

Roberto Castello Branco, presidente da Petrobras afirmou na última sexta-feira (07) que o surto de infecções causadas pelo coronavírus, que tem seu epicentro na cidade de Wuhan, na China, não afetou as vendas e as exportações de petróleo da companhia, informa a "Agência Brasil". Segundo Castello Branco, por enquanto, apenas os preços dos produtos da Petrobras foram impactados.

Divulgação

"É apenas um choque, tem duração temporária, nós estamos atentos. Por enquanto, apenas afetou os preços, não afetou nossas exportações, nossas vendas, tudo indo bem", disse o presidente da Petrobras, durante evento na B3, antiga Bolsa de Valores de São Paulo. Castello Branco ressaltou que existem fábricas fechadas em 20 províncias da China, onde o surto do coronavírus teve início. Com menos indústrias consumindo petróleo e derivados, o preço tende a cair -- devido à diminuição da demanda e dos consequentes excedentes de oferta.

"O coronavírus representa primeiro um choque de demanda, que acaba se transformando também em um choque de oferta. Existem fábricas fechadas em 20 províncias da China. O país é muito importante na indústria, representa 25% do PIB [Produto Interno Bruto] industrial do mundo e, certamente, terá efeitos sobre o comportamento da economia global", disse o presidente da Petrobras.

Castello Branco ressaltou, no entanto, que a empresa tem se preparado para atuar em um mercado com preços baixos de petróleo. "Uma empresa de commodities, para ser rentável, para gerar valor, tem que ter custos baixos para atravessar ambientes de preços baixos sobrevivendo bem, confortavelmente."

Oferta Pública

Roberto Castello Branco participou nesta sexta-feira, na B3, de evento que marcou a oferta pública de distribuição secundária de 734.202.699 ações ordinárias de emissão da Petrobras, que estão sendo vendidas pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). A oferta foi coordenada pelos bancos Credit Suisse, Bank of America, Bradesco BBI, BB Investimentos, Citi, Goldman Sachs, Morgan Stanley e XP.

"Essa transação é emblemática, primeiro porque foi processada em um ambiente de alta volatilidade de preços de ações e de petróleo, causado pelo choque sobre a economia global produzida pelo coronavírus. Então, ter completado essa transação foi realmente uma grande vitória para todos nós", disse o presidente da Petrobras. Além de Castello Branco, participaram do evento o secretário especial de Desestatização e Desinvestimentos do Ministério da Economia, Salim Mattar, e o presidente da B3, Gilson Finkelsztain.

Fonte: Redação/Datagro
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar
separador menu